Publicidade

Ford Fiesta começa a dar adeus ao Brasil

Compartilhe:
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Ford já começou a enxugar os gastos por aqui também, já cortando Fiesta Sedan, câmbio Powershift e motor EcoBoost.

Como parte do plano global para reduzir custos que a Ford vem aplicando (leia AQUI), chegou a vez do Fiesta, que já de cara no inicio de ano perde o câmbio automatizado de dupla embreagem PowerShift e o motor EcoBoost, mantendo só o motor 16 Sigma flex de 4 cilindros.



O maior problema foi a concorrência que a Ford acabou criando consigo mesma entre Ka+ e Fiesta.

O motor 1.0 EcoBoost turbo veio com a proposta de potência com economia, o que não encantou o pessoal, porque ele tinha quase a mesma potência do 1.6 Sigma, mas com preço maior, fazendo com que suas vendas nunca engrenassem de vez.

Já o câmbio automatizado PowerShift de dupla embreagem não agradou a longo prazo por problemas que a Ford nunca reconheceu e nem fez recall, problemas esses que geravam trocas de marcha imprecisa e ruídos, fazendo crescer cada vez mais as reclamações dos consumidores a ponto da Ford extender a garantia para o câmbio e fazer reparos gratuitos.



Outro ponto é que o Fiesta tinhas espaço interno menor que o seu irmão Ka, perdendo também nesse quesito, dessa forma a melhor alternativa da Ford é encerrar as vendas do veículo, começando pelo sedã agora já no inicio do ano, assim como o Focus também deixará de ser produzido em Maio e o Fiesta hatch deve se aposentar logo em seguida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *