Publicidade

Ford Ka 2020 fica mais cara e mais pelado

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Depois da Ford ter encerrado a produção do Focus e do Fiesta e ter lançado a versão do centenário da marca no Brasil, o novo Ka 2020 chega mais caro e com menos acessórios.

A versão 2020 do Ka, substituto do Fiesta, tanto hatch quanto sedan, chega um pouco mais cara, com menos acessórios e menos segurança, e isso pode colocar em desconfiança a marca no Brasil.



Um dos itens perdidos foi a central multimídia Sync 3, onde agora só haverá a Sync 2.5, que possui menos recursos, incluindo a ausência da chamada automática para SAMU em caso de colisão, quando sincronizado com o celular do motorista.

Outro item que se perde são 2 airbags de cortina, então agora ele conta com 4 airbags, 2 frontais e 2 laterais, nas portas.

Tirando isso, ele só recebeu pequenas modificações estéticas, que de forma alguma justificam ao aumento de R$ 900 no seu preço.



O interessante de se comparar é que nas versões Européias do KA (que por lá são mais baratas que aqui), estes itens que foram retirados são itens de série, assim como frenagem automática, além de um cinto traseiro lateral inflável opcional, 2 itens que nem existem nas versões brasileiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *