Publicidade

Ibiza

Como legalizar a suspensão rebaixada do seu carro

Compartilhe:
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em 2015 eu passei por uma blitz com meu carro rebaixado, que na época não era legalizado e o resultado, fui multado e tive o documento do carro apreendido, tive que regularizar a suspensão pra ter o documento de volta e pagar a multa.

Ibiza

Meu Ibiza na data da legalização da suspensão

Isso me levou a legalizar a suspensão do meu carro de acordo com a lei atual, gastei tempo e dinheiro, mas hoje meu carro está em dia, e passo aqui a minha experiência para quem quiser saber como legalizar a suspensão rebaixada do seu carro.

1° Passo – 1° Vistoria => Dependendo do DETRAN, vão pedir que vá com o carro original ou rebaixado fazer a vistoria inicial, no meu caso, já pulei essa porque aqui em Guaíba eles vão direto na segunda vistoria, mas enfim, na primeira vistoria, você leva o carro original, preenche a documentação solicitando a regularização da suspensão, então te mandam para o segundo passo (não sei dizer se tem e quanto é a taxa para essa primeira vistoria, porque não fiz, mas acredito que a taxa seja só uma). Documentação: CHN, DUT/CRLV, pode variar dependendo da região;




2° Passo – Rebaixar o carro => Nesse ponto é importante fazer tudo certinho, comprar peças com nota, fazer o serviço em oficina especializada que forneça nota e laudo da geometria e tudo que envolver molas, amortecedores, buchas, suspensão e serviço na suspensão em geral, peça a nota! Aqui, tente não usar molas cortadas, porque pode ser pego mais adiante, e um detalhe importante, na nota da suspensão, tem que ter a descrição do tipo, se é fixa, regulável ou pneumática;

3° Passo – 2° Vistoria => Volte ao DETRAN com o carro rebaixado, eles farão nova vistoria, nesse momento, você deve apresentar todas notas da suspensão e do serviço de instalação. No meu caso, como eu mesmo fiz a troca da suspensão e a geometria, tive que fazer um documento a mão, especificando tudo que fiz no carro e autenticar em cartório, 2 vias (1 para o DETRAN e 1 para o INMETRO). Para certificar e garantir, levei o carro a uma oficina só para confirmar a geometria e pegar o laudo (a minha geometria só errou por -1° de cambagem na roda dianteira do lado do passageiro). Nesse momento tem uma taxa de R$ 26 e uns quebrados (depende do estado e local). Fazendo a vistoria, pagando a taxa, eles te darão um documento reprovando o carro, com esse documento, você tem que ir ao INMETRO ou alguma oficina credenciada para fazer a inspeção veicular;

Obs.: Na vistoria, meu carro estava com a placa antiga, então na volta, me obrigaram a trocar pela placa reflexiva;



4° Passo – Vistoria do INMETRO => Com os documentos do DETRAN, vá ao INMETRO ou alguma oficina credenciada para fazer a inspeção veicular. Aqui em Guaíba não tem, tive que ir a uma cidade vizinha fazer a inspeção, não sei se é um valor padrão, mas paguei R$ 240,00 pela inspeção. Passei a tarde toda na oficina, tinha um carro na minha frente. Lembre-se de verificar tudo em seu carro antes de ir para a inspeção, verifique cada lampada (freio, ré, piscas, pisca-alerta, faróis, luz baixa, alta e lanterna, faróis de neblina, de milha, luz de posição), não pode possuir películas nos faróis, pisca e lanternas, também não pode ter barras de LED, se tiver, desligue-as temporariamente, verifique a calibragem correta dos pneus, a condição deles, porque não devem estar próximos a marca de desgaste de troca, certifique-se de levar triangulo e tenha o extintor ABC, enfim, tente possuir alterações só na suspensão, porque se for fazer a vistoria para suspensão e uma lampada estiver queimada por exemplo, ou possuir alguma alteração no carro que não solicitada, ele roda e vai ter que voltar fazer tudo e novo! No INMETRO, testarão: Toda a iluminação, o tamanho das rodas (circunferência do conjunto, por exemplo, as rodas permitidas no Ibiza são 185/65 R14, eu uso 195/50 R15, mas no fim, a circunferência da a mesma da roda 14, é isso que importa), vão testar o esterçamento da direção, eles vão torcer a direção toda para um lado e vão andar com o carro para frente e para trás, depois farão o mesmo para o outro lado, e as rodas não podem raspar em nada, vão testar a capacidade de frenagem de cada roda, a capacidade de suportar trepidação em cada roda, vão testar o alinhamento a intensidade de cada farol, vão tirar os números do chassis, dos parabrisas, testar as películas se tiver, vão fotografar porta malas (por causa da suspensão, para ver que não tenha modificação), fotografar o carro por baixo, por trás, pelo lado, pela frente, o motor, as rodas, vão medir o vão livre do solo pela parte mais baixa do carro, vão aferir poluentes no escapamento, tudo isso sendo filmados para entregar a filmagem ao INMETRO. Se o carro passar em tudo, te darão 2 laudos, um para você e outro para o DETRAN;

5° Passo – 3° Vistoria => Volte ao DETRAN com os laudos do INMETRO, eles te cobrarão mais uma taxa, no meu caso, como tive que fazer as placas, paguei mais uma taxa de R$ 26 e mais R$ 120,00 das placas feitas na hora, depois de tudo pronto, mais uma taxa para a expedição do novo documento, no meu caso, como paguei junto com o IPVA, não precisei pagar 2x a taxa de emissão do documento, então saiu um boleto de R$ 228,00, mas para quem vai fazer a parte, calcule os R$ 228,00 + taxa de expedição do documento. Nessa ultima ida ao DETRAN, eles recolherão o seu DUT/CRLV, porque no novo vai vir constando a modificação;

6° Passo – Quitação das taxas => Pague em algum banco autorizado a receber esse boleto, no caso aqui do RS, pode ser pago em agencias e credenciados do Banrisul;



7° Passo – Observação no CRLV => Pago o boleto, basta aguardar o seu novo documento chegar, no meu caso, regularizei a suspensão no INMETRO e barras de LED e películas de farol, lanterna e pisca direto no DETRAN, mas é um caso a parte, vai depender de DETRAN para DETRAN, uns podem e outros não podem querer regularizar alterações desse tipo no sistema de iluminação, como fiz isso, na primeira etapa levei junto as notas de peças e serviços dos LEDs e películas;

Aqui abaito tem uma foto de como fica no DUT/CRLV a inscrição da norma que permite a suspensão rebaixada;

9 – Quando for parado em uma blitz/barreira e te abordarem assim “Rebaixado né!”, basta mostrar o doc com a observação ALS 100mm e eles não poderão te multar!

Resumo da documentação necessária:

  • CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo;
  • CNH – Carteira Nacional de Habilitação;
  • CSV – Certificado de Segurança Veícular (se obtem no INMETRO);
  • Comprovante de endereço;
  • Comprovante da pagamento das taxas;
  • Requisição para vistoria no INMETRO (se obtem no DETRAN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *