Publicidade

LATIN NCAP ficará mais rígido em 2020

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Orgão que efetua testes de colisão em veículos passará a adotar novas regras para para suas avaliações.

A cada 4 anos o LATIN NCAP passa por atualizações nos seus padrões de testes, adicionando novas exigências, e como a última atualização foi em 2016, ano que vem passam a vigorar mais algumas regras.



Então, a partir de 2020 mais dois recursos serão exigidos para todos os veículos, e para atingir 5 estrelas o veículo deverá possuir obrigatóriamente o ESC (Eletronic Stability Control, Controle Eletrônico de Estabilidade) e o AEB (Auto Emergency Braking, Frenagem de Emergência Automática), além de ser avaliados em provas de atropelamento, simulando colisões contra pernas e cabeças de pedestres.

Com as novas e mais rígidas regras, o LATIN NCAP se aproxima mais ao EURO NCAP, contemplando uma grande quantidade de itens já existentes por lá.



Dessa forma o ESC, ou popularmente chamado Controle de Estabilidade, passara a ser obrigatórios em todas as versões de um modelo, enquanto antes era exigido que só existisse no modelo mais vendido ou ofertado com o mesmo volume do pacote mais popular do veículo.

Latin_NCAP

Uma vantagem das novas regras, que exigem o AEB, é que este recurso se enquadra nos dispositivos de condução autônoma, e que garante bonificação aos fabricantes, assim como a bonificação é garantida para quantos mais itens de condução autônoma existirem nos veículos, como por exemplo, o recurso AEB, detecção de ponto cego e alerta de troca de faixa, que agregam mais pontos a essa bonificação.



Com essas mudanças, as montadoras correm para testar seus carros no modelo atual que é menos restritivo, tentando assim conseguir mais estrelas, contudo, a informação de testes do LATIN NCAP sempre vem acompanhada da data de execução do teste, garantindo que saibamos quais os padrões eles atenderam.

Há contudo, montadoras querendo retestar seus veículos já nas novas regras, como a Volkswagen com o T-Cross, que é o veículo nacional com melhores notas dentro das exigências até 2019.



Juntando tudo isso, podemos esperar veículos mais seguros a partir do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *