Publicidade

TRAM

Transporte público de graça na Alemanha

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Alemanha iniciará testes com transporte público de graça em 5 cidades do país.

TRAM

Ao contrário da tendência de eletrificação dos veículos, o Governo alemão pretendo distribuir transporte público de graça em 5 cidades do país, como forma de minimizar custos, reduzir congestionamentos e reduzir a poluição ao longo de toda a cadeia de geração de energia.

Mas como reduzir custos se o Governo vai dar transporte público de graça?

Simples, ao dar transporte público de graça para a população, prevê-se que o número de carros nestas cidades sejam reduzidos ao ponto de reduzir os custos de manutenção de pista, guardas de trânsito, atendimento a feridos de acidentes, entre muitos outros serviços que ocorrem pelas vias e são arcados pelo Governo, fazendo com que o processo se pague por sí.

Tudo isso geraria menor demanda de eletricidade, pois por lá, a eletrificação dos carros está bem avançada, e com os carros na garagem para utilizar o transporte público, se reduz as emissões de poluentes e o consumo de energia elétrica.

Vantagem pra todos, principalmente das cinco cidades a participar do projeto, Bonn, Essen, Mannhein e mais duas que serão escolhidas ainda.



No Brasil daria certo?

OnibusPrecario

No cenário atual, certamente não, nosso transporte público é precário e ineficiente, muito diferente da Alemanha, com um transporte público sempre topo de linha tanto em tecnologia, quanto em manutenção da frota, além da grande integração entre os diferentes meios, como ônibus, trens e trams (mal temos trens aqui se comparado a Alemanha, e tram, o pessoal nem sabe o que é) por exemplo.

Esperamos que a idéia de certo, porque dando certo, deve ser aplicada no resto do país e pode ser um modelo a ser seguido pelo mundo todo.

*TRAM é um tipo de ônibus-trem elétrico que anda sobre trilhos pelas ruas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *