Publicidade

Eletrificação

Brasil deverá puxar a eletrificação dos veículos na América Latina

Compartilhe:
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Diante do cenário Global da eletrificação dos veículos, o Brasil deverá assumir a liderança desse processo na América Latina.

Eletrificação

Apesar do Brasil está longe do processo de eletrificação dos veículos e a nossa industria ainda pecar por veículos elétrico, ainda assim o nosso país é o que mais tem potencial para isso, mesmo sem nenhuma infraestrutura, pois depois do Brasil, os grandes países da América Latina como Argentina, Chile, Colômbia e México tem menos condições e infraestrutura que nós.

Aqui no Brasil temos pelo menos uma empresa que fabrica carros elétricos, a BYD (confira o site AQUI), que produz ônibus e táxis elétricos, e que iniciará a produção de sedãs para o Governo e que deverão custar entre R$230.000,00, muito além da realidade da nossa população.

BYDQin

Mas o Brasil deverá liderar a eletrificação pois possui potencial de 5 milhões de veículos ano e possui capacidade elétrica expansível, que hoje contra com mais 80% de energias renováveis, e toda essa infraestrutura elétrica deverá crescer junto com a demanda dos carros elétricos.



Mas ter energia só não basta, é necessário ter postos de recarga, e cada carregador de alta capacidade custa em torno de $ 25.000,00, preço muito alto para nosso mercado, então imagina criar uma rede de recarga elétrica, praticamente fora de cogitação.

Contudo, a capacidade elétrica pode ser ampliada, a produção pode ser alterada e com isso atrair as fabricantes de carregadores para cá o que baratearia todos os custos.

Outro ponto importante é nossa capacidade produtiva alta, que nos permitira sermos exportadores de carros elétricos para toda a América Latina, aumentando ainda mais nosso potencial.

Mas por enquanto o jeito é esperar e torcer para que a eletrificação chegue ao pais com planos do Governo bem atraentes e vantajosos para a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *